Pedra Branca do Araraquara - Rumos: Roteiros para sua próxima aventura!
Pedra Branca do Araraquara
 Arquivos disponíveis:
Trekking leve
Montanhismo fácil

País - Brasil - Paraná Bookmark and Share

Pedra Branca do Araraquara

Altitude Máxima: 1222 metros.

Altitude Mínima: 170 na BR 376

Temporada ideal: Ano inteiro

Outros locais do roteiro:

  • Pedra Branca
  • Forma da obtenção dos dados:

    Via GPS, por Pedro Hauck. Texto de Reginaldo Carvalho - AJM. Joinvile -SC

    Mais informações sobre este roteiro:



    O Araraquara é uma montanha que desperta a atenção de quem trafega pela BR 376 na subida da serra sentido Joinville - Curitiba, sua forma de vertentes escarpadas e de topo tabular, originada por movimentos bruscos na crosta terrestre, faz do Araraquara, uma montanha imponente destacando-se soberana na paisagem.

    Quanto ao nome, provém do indígena, Arara: espécie de pássaro + quara: lugar de moradia = ninho da arara. Nas margens da rodovia há uma localidade com o nome Pedra Branca do Araraquara.

    Embora estar localizada no estado vizinho, durante muito tempo o Araraquara chamou a atenção dos montanhistas Joinvilenses pela proximidade e majestosidade da montanha que pode ser observada de diversos pontos da cidade catarinense.

    O primeiro registro de ascensão, não há data definida, supõem-se que foi entre os anos 1886 à 1906, segundo depoimentos  do Senhor Peter Von Dokonal, antigo montanhista joinvilense: "...O Araraquara foi escalado a primeira vez por Johann Paul Schmalz, sua subida foi efetuada pelo rio do Melo, nas porções sudeste e leste da montanha. Após a empreitada de Schmalz, ocorreram mais algumas investidas marcantes que foram registradas.

    Segundo relatos do Senhor Egon Schulz, outro antigo montanhista Joinvilense, nos dias 10-12/9/1949, escalaram o Araraquara: Rodolfo Schlorke, Hildegarda Schlorke, Felícia Wittwer, Egon Schultz, tendo como guia Drº Werner Klein. A equipe instalou um livro de cume que em seguida foi roubado, conforme relato do Sr Egon "...Quanto ao livro de registro deixado no cume do Araraquara foi roubado por um carioca: tão logo tomamos conhecimento do fato, entramos em contato com os Centros Excursionistas do Rio de janeiro. Eles conseguiram localizar a pessoa, um engenheiro e fizeram-no devolver o livro"...

    Outra atividade ainda lembrada pelos antigos integrantes do extinto Centro Excursionista Monte Crista - CEMC, foi a subida realizada em 14/2/1951 onde participaram membros do CEMC em conjunto com membros do Circulo dos Marumbinistas de Curitiba - CMC sendo eles: Werner Klein, Bernardo Seifert "sabão", Rudolfo Stamm, Eloy Natel, Manfredo Kirchner, Marise ratacheski, Osires Curial, Herbert Becker "dr Mendes", Key Imaguire, Sr. Schlorke e outros.

    A trilha do Araraquara é exigente, e não deve ser percorrida sem conhecer, pois a probabilidade de se perder é enorme, a mesma inicialmente passa por propriedades particulares, não passe sem pedir autorização aos proprietários, seja cordial.
    Durante todo o trajeto, há poucos pontos de água, a trilha apresenta trechos com inclinações bastante íngremes diminuindo a partir do último terço.

    Do cume se pode contemplar uma das melhores vistas da região, não há bons lugares para acampar, recomenda-se fazer um bate e volta ou bivacar.

    Mais informações:

    Onde fica: Guaratuba/Paraná.
    Primeira ascensão: Johann Paul Schmalz entre os anos 1886 à 1906.
    Desnível: 1200metros.
    Comprimento da Trilha: aproximadamente  6 Km.
    Duração:2 ½  à 4 horas.

    Veja mais:

    Pedra Branca do Araraquara

    Veja esse roteiro no Google Earth:

    Quer contribuir com o Rumos?

    O Rumos está aberto a contribuição de seus leitores. Clique para saber mais.

     



    .
    O site Rumos: Navegação em Montanhas é mantido pelo Portal AltaMontanha.com - Consulte nossa Política de Uso!