Vulcão Parofes - Rumos: Roteiros para sua próxima aventura!
Vulcão Parofes
 Arquivos disponíveis:
Montanhismo moderado

País - Chile Bookmark and Share

Vulcão Parofes

Altitude Máxima: 5845 metros.

Altitude Mínima: 3300 acesso na Ruta 60

Temporada ideal: De Novembro à Março

Como Chegar: Em veículo 4x4

Outros locais do roteiro:

  • Pissis
  • Bonente Chico
  • Incahuasi
  • San Francisco
  • Ojos del Salado
  • Forma da obtenção dos dados:

    Via GPS 62s e georreferenciamento por Pedro Hauck em Novembro de 2015

    Mais informações sobre este roteiro:

    Escalado pela primeira vez no dia 4 de novembro de 2015 por Maximo Kausch, Pedro Hauck e Jovani Blume, este vulcão era na data de sua conquista a montanha virgem mais alta dos Andes.
    Ela está localizada inteiramente na Província de La Rioja, mas seu acesso mais fácil se dá pela Província de Catamarca, pelo caminho que leva até o acampamento base do Pissis, a terceira montanha mais alta dos Andes.

    O melhor caminho de acesso se dá por um vale seco antes da base do Pissis, mas por se tratar de uma montanha remota, a caminhada de aproximação é longa. No entanto, saindo cedo de Fiambalá e estando aclimatado, é possível chegar, há no primeiro dia, até um acampamento a 5400 metros de altitude em um anfiteatro protegido dos fortes ventos que são comuns na região. Do carro até este local são cerca de 8 quilômetros de aproximação à pé e é necessário atravessar um passo para chegar ali.

    Não há água neste local, sendo necessário derreter neve. É preciso cuidado, pois como se trata de uma região muito árida, em temporadas muito secas é possível que não tenha neve tenha ali, sendo necessário carregar água desde o carro. A equipe que realizou a conquista fez o ataque ao cume desde este local, no entanto não é recomendado, devido à longa distância dali ao cume.

    Sendo assim é interessante realizar um segundo dia de aproximação, percorrendo mais 5.5 quilômetros, atravessando outro passo, para acampar na lateral de um lago situado há 5250 metros de altitude no outro lado do passo, que fica 14 quilômetros do cume.

    Apesar da larga distancia, a maior parte do ataque ao cume é uma travessia à pé pela Puna, com pouca subida. A exceção se dá no final, com a subida do cone do vulcão e da transposição de um passo, o terceiro que precisa ser vencido nesta escalada.

    Como muitas montanhas, o Parofes tem um cume falso. No entanto ali é um pouco mais exagerado, pois para chegar ao cume verdadeiro é necessário descer cerca de 100 metros e subir a pirâmide final, onde fica a cúspide mais alta do maciço vulcânico com 5845 metros de altitude.

    Veja mais:

    :: Relato da conquista do Monte Parofes – Blog do Pedro Hauck



    Veja esse roteiro no Google Earth:

    Notícias Relacionadas:

    Quer contribuir com o Rumos?

    O Rumos está aberto a contribuição de seus leitores. Clique para saber mais.

     



    .
    O site Rumos: Navegação em Montanhas é mantido pelo Portal AltaMontanha.com - Consulte nossa Política de Uso!