Acotango - Rumos: Roteiros para sua próxima aventura!
Acotango
 Arquivos disponíveis:
Montanhismo fácil

País - Bolívia Bookmark and Share

Acotango

Altitude Máxima: 6052 metros.

Altitude Mínima: 4300 Vila Sajama

Temporada ideal: De Maio a Setembro

Como Chegar: 4x4

Outros locais do roteiro:

  • Sajama
  • Parinacota
  • Pomerapa
  • Guallatiri
  • Capurata
  • Forma da obtenção dos dados:

    Via GPS 62S por Pedro Hauck, Agosto de 2014

    Mais informações sobre este roteiro:


    O Acotango é um vulcão sem cratera, porém com alguma atividade que é uma das montanhas com mais de 6 mil metros mais fáceis da Bolívia.

    Localizada na fronteira com o Chile, ela pode ser escalada por ambos os lados, porém o boliviano é mais acessível, sendo possível chegar em veículo 4x4 até uma altitude de 5640 metros, onde fica uma mina de enxofre a céu aberto onde os transportes deixam os escaladores.

    Por ser uma ascensão com pouco desnível, não é necessário pernoite na montanha. Desta forma a maioria das expedições partem de Vila Sajama, que é o local com estrutura mais próximo, de onde também partem expedições à outras montanhas que fazem deste povoado um dos maiores centros de andinismo da Bolívia e onde se consegue contratar guias e transporte 4x4. Equipamentos devem ser alugados em La Paz.

    Normalmente as expedições saem por volta das 5 da manhã, percorrendo o trecho de estrada à noite. Saindo de Vila Sajama, toma-se a estrada internacional até chegar próximo a Tambo Quemado, onde há uma saída na esquerda que vai até um povoado chamado Chachacomani (nada a ver com a montanha com nome homônimo).

    A estrada é terra, porém bem mantida. Ficar atento pois em um determinado momento há uma saída para a direita, numa estrada mais estreita que pertence a companhia de mineração. Nesta estrada há diversas porteiras de arame, se encontrar fechado, deixe fechado, se encontrar aberto deixe como está.

    Esta estradinha vai atravessar um vale e depois começa a subir bastante, é um caminho bastante óbvio e bonito. Ele passa por um único lugar com água, onde ás vezes está boa e ás vezes não. Geralmente os motoristas deixam os clientes ali, porém insista em chegar até o ponto final onde se chega o carro, denominado de "leave car".

    A partir de onde se deixa o carro, comece a caminhar pela crista, numa caminhada óbvia. Ali aparecerão trilhas, é só segui-las. Você passará por um trecho rochoso fácil, mas logo chegará no gelo, que é fácil, sem muita inclinação, que fica um pouco mais abrupta no final.

    No cume tem o livro do projeto patrocinado pelo banco do Chile, madeiras e uma plataforma plana feita pelos incas chamada de "Apacheta". A descida é pelo mesmo local da subida.

    Não aclimatado esta ascensão não leva mais que 8 horas. No entanto conheça melhor sobre aclimatação na seção de artigos de saúde do AltaMontanha.com.

    Equipamentos necessários:



    Leia mais:

    :: Relato de Pedro Hauck sobre ascensão no Acotango




    Veja esse roteiro no Google Earth:

    Notícias Relacionadas:

    Quer contribuir com o Rumos?

    O Rumos está aberto a contribuição de seus leitores. Clique para saber mais.

     



    .
    O site Rumos: Navegação em Montanhas é mantido pelo Portal AltaMontanha.com - Consulte nossa Política de Uso!