Illiniza Norte - Rumos: Roteiros para sua próxima aventura!
Illiniza Norte
 Arquivos disponíveis:
Trekking moderado
Montanhismo fácil

País - Equador Bookmark and Share

Illiniza Norte

Altitude Mínima: 3.350 (Chaupi)

Temporada ideal: O ano todo, preferencialmente janeiro e fevereiro, julho e agosto

Outros locais do roteiro:

  • Illiniza Sur
  • Forma da obtenção dos dados:

    Via GPS - Paulo Roberto Parofes, Janeiro de 2011

    Mais informações sobre este roteiro:


    lliniza Norte normalmente é uma montanha simples e bem fácil com rota de trekking de altitude e trechos de trepa pedra e leve escalada na canaleta final pro cume (máximo 4° grau brasileiro - 45 - 50 metros verticais), porém em condições de neve acumulada fica bastante técnica e arriscada, sobretudo com tempestades repentinas a qualquer dia do ano, grande ocorrência de tempestades elétricas e histórico de mortes por raio ou queda durante escalada em neve fresca.
     
    Em condições secas, o trecho refúgio - cume não passa de duas horas, retorno em metade deste tempo. Ocasionalmente por motivo de chuvas os carros mesmo sendo 4x4 não conseguem chegar ao estacionamento La Virgem, aumentando assim o trekking de aproximação.

    A passagem que requer mais atenção possui nome sugestivo nos andes: Paso de la Muerte. Trata-se de uma pendente de 45 - 55 graus rochosa, de trepa pedra, e apenas cerca de 12 metros de travessia. Um erro significa morte em queda continua de aproximadamente 450 - 550 metros de desnível em rochas.
     
    Ironicamente, em condições nevadas, o Paso de La Muerte é igualmente perigoso, porém as chances de sobreviver a uma queda aumentam pois neste caso, um "self arrest" possivelmente resolveria a queda e os ferimentos seriam consideravelmente mais leves uma vez que a queda acontece na neve fresca e não nas rochas. Mesmo assim, nestas condições, um par de piquetas técnicas, bota dupla e crampoons são pré-requisito. Dependendo da profundidade da neve é possível fazer proteções tipo dead man e encordar.
     
    No cume uma grande cruz metálica recebe os afortunados. Em caso de tempestade, uma decida rápida pela face sul até o colo entre as duas montanhas (descida de 300 m verticais) que não leva mais que 3 ou 4 minutos garante proteção contra os raios que acertam a arista da rota normal. Também é possível descer pela face norte diretamente até a trilha de aproximação evitando retornar ao refúgio. Esta rota também pode ser utilizada para o ataque desde que nevada, seca significa um martírio arenoso até o cume.
     
    Aproximação: Desde Quito contrate transporte na agência Gulliver até Chaupi ou diretamente um 4x4 até o estacionamento La Virgem, busque por tours ou grupos guiados indo até lá e compartilhe o transporte. Em Chaupi há uma hospedaria comumente utilizada por andinistas e alpinistas, muito boa mas um pouco mais cara: 12 dólares a hospedagem e 6 dólares por refeição. Chaupi não passa de uma pequena vila e qualquer um conhece a hospedaria.

    Veja esse roteiro no Google Earth:

    Notícias Relacionadas:

    Quer contribuir com o Rumos?

    O Rumos está aberto a contribuição de seus leitores. Clique para saber mais.

     



    .
    O site Rumos: Navegação em Montanhas é mantido pelo Portal AltaMontanha.com - Consulte nossa Política de Uso!